Leia aqui o artigo de opinião de Francisco Mantero, publicado no Jornal de Negócios, no passado dia 29/11/2017