Skip to Content

INE

Produto Interno Bruto aumentou 0,8% em volume – 1º Trimestre de 2016

Consulte aqui os dados divulgados pelo INE, no passado dia 13/05/2016

Índice de Volume de Negócios na Indústria intensificou variação homóloga negativa – Março de 2016

Consulte aqui os dados divulgados pelo INE ontem, dia 10/05/2016

População empregada: decréscimo trimestral de 1,1% (menos 48,2 mil pessoas)

Consulte aqui os dados divulgados pelo INE hoje, dia 11/05/2016.

As exportações diminuíram 3,9% e as importações decresceram 0,8% em março de 2016, em termos nominais face ao mesmo mês de 2015

Consulte aqui os dados divulgados pelo INE hoje, dia 10/05/2016.

As exportações aumentam 0,8%; Importações crescem 5,3% (INE – Fevereiro 2016)

Consulte aqui os dados divulgados pelo INE, no passado dia 08/04/2016.

 

“Em fevereiro de 2016, as exportações de bens cresceram 0,8% e as importações de bens aumentaram 5,3% face a fevereiro de 2015 (-2,4% e -1,4% em janeiro de 2016, respetivamente). Excluindo os Combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 2,9% e as importações cresceram 7,7% (respetivamente -1,2% e +5,2% em janeiro de 2016).
O défice da balança comercial de bens registou um aumento homólogo de 206 milhões de euros em fevereiro de 2016, similar ao acréscimo registado no défice da balança comercial excluindo os Combustíveis e lubrificantes (-204 milhões de euros).
No trimestre terminado em fevereiro de 2016, as exportações de bens diminuíram 1,2% e as importações de bens cresceram 1,4% face ao período homólogo.
Em 2015 as exportações de bens aumentaram 3,7% e as importações de bens cresceram 2,1% face ao ano anterior. O aumento das transações com Espanha correspondeu ao maior contributo para a evolução global tanto das exportações como das importações. Em sentido contrário, destacaram-se as acentuadas reduções registadas nas trocas comerciais de bens com Angola. Desta forma, os Estados Unidos passaram a ser o principal destino dos bens nacionais fora da UE. A China foi o principal fornecedor Extra-UE de bens a Portugal.
O défice da balança comercial de bens diminuiu 540 milhões de euros em 2015 face ao ano anterior, mas excluindo os Combustíveis e lubrificantes aumentou 1 439 milhões de euros.”

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 14 15
Power by

Download Free AZ | Free Wordpress Themes