Skip to Content

Lido com atenção

O esplendor da teoria da espiral recessiva

“Infelizmente, por fim, todos parecem rendidos. A teoria da espiral recessiva conquistou quase todas as almas. A política de austeridade que os poderes públicos pareciam dispostos a conduzir com firmeza está cada vez mais em risco e é atacada com eficácia por todos os lados. A diabolização da austeridade é francamente assumida por muitos de quem se esperavam avaliações mais contidas e rigorosas.” Artigo de opinião de Avelino de Jesus, publicado no Jornal de Negócios de hoje, dia 18/03/2013 (carregar no texto para acesso ao documento original)

A reforma do IRC: os pequenos negócios

“Perto da minha casa existe um pequeno estabelecimento de venda de jornais, revistas e outros produtos congéneres a que vou praticamente todos os dias. Converso um pouco com os donos, um casal já reformado, que há bastantes anos ali explora o seu negócio.

Quando lá fui, ontem, estavam em grande actividade, a arrumar coisas, a encher caixotes, a retirar das prateleiras os produtos que comercializam. Naturalmente perguntei a que se devia aquela azáfama. Vão fechar o estabelecimento! Perguntei, então, qual a razão para abandonarem o “negócio”. A razão é simples, disseram-me, não conseguem suportar o peso dos impostos!” Artigo de opinião de Celeste Cardona, publicado no Diário de Notícias de hoje, dia 07/03/2013 (carregar no texto para acesso ao documento original)

Propostas da Confederação dos Serviços de Portugal para a redução dos Custos de Contexto

“A expressão “custos de contexto” traduz o conjunto de regras, requisitos, acções e omissões que não sendo imputáveis ao investidor, ao seu negócio ou à sua organização, dificultam e prejudicam a actividade e a vida dos cidadãos, das empresas ou outras organizações.” (carregar no texto para acesso ao documento original)

Reform denial poses bigger threat to Italy than austerity

 

“An apparently obvious conclusion from last month’s Italian elections is that citizens – ie, voters – don’t like austerity programmes. The question that voters, especially in Italy, may not yet have reflected upon is what is the alternative in order to reduce the excessive burden of the debt, public or private, which has been accumulated over the past. There are at least three choices.” Artigo de opinião de Lorenzo Bini Smaghi, publicado no Financial Times ontem, dia 05/03/2013 (carregar no texto para acesso ao documento original)

 

O TGV e as Mercadorias

“O troço Poceirão-Caia seria para tráfego misto: alta velocidade e comboios de mercadorias. Respeitavam-se os compromissos com Espanha no que toca ao TGV”. Artigo de opinião de Luís Mira Amaral, publicado no semanário Expresso, no passado dia 02/03/2013 (carregar no texto para acesso ao documento original)

1 2 ... 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87