Skip to Content

Macroeconomia / Conjuntura

FMI – World Economic Outlook – Abril de 2019

Consulte aqui o Relatório apresentado pelo FMI ontem, dia 09/04/2019

Nota de Conjuntura nº 35 – Março de 2019

Consulte aqui a Nota de Conjuntura do Forum para a Competitividade, relativa ao mês de Março de 2019.

Em 2018, o PIB de Portugal cresceu 2,1%, mas o rendimento nacional só cresceu 1,7%, devido à nossa elevada dívida externa, que desvia muitos recursos para o exterior.

Devido à clara deterioração do ambiente externo, as perspectivas para Portugal estão agora piores e, assim, o Forum para a Competitividade prevê que a economia desacelere para entre 1,3% e 1,6% em 2019.

Nota de Conjuntura nº 34 – Fevereiro de 2019

Consulte aqui a Nota de Conjuntura do Forum para a Competitividade, relativa ao mês de Fevereiro de 2019.

O emprego, em termos de contas nacionais, cresceu 2,3% em 2018, mais do que a subida de 2,1% do PIB. Ou seja, a produtividade caiu 0,2%. Com este crescimento do emprego, o PIB poderia estar a subir 4%.

Em 2019 e 2020, até a Grécia crescerá mais do que Portugal.

Nota de Conjuntura nº 33 – Janeiro de 2019

Consulte aqui a Nota de Conjuntura do Forum para a Competitividade, relativa ao mês de Janeiro de 2019.

No 4º trimestre de 2018, a economia portuguesa terá crescido entre 1,8% e 2,0% em termos homólogos, desacelerando dos 2,1% do trimestre anterior. Para o conjunto do ano, o crescimento ter-se-á fixado entre 2,1% e 2,2%, um nítido abrandamento face aos 2,8% de 2017.

Em total e flagrante contraste com o bom comportamento da generalidade dos novos Estados-Membros da UE, Portugal teve um desempenho oposto, de clara divergência, tendo baixado de um rendimento que era, em 2000, 84% da média europeia, para apenas 74% em 2018.

Nº 4 Perspectivas Empresariais – 4º Trimestre de 2018

Consulte aqui o nº 4 da publicação trimestral do Forum para a Competitividade, que inclui: conjuntura nacional; as empresas e os seus custos; conjuntura internacional; mercados; legislação; análise sobre o investimento em Portugal com base no inquérito do BEI.

Integra contributos de: Banco BIG, COSEC e PwC/CCR Legal

***

A economia portuguesa deverá desacelerar em 2019 e de novo em 2020 e 2021, em linha com o que se deverá passar na zona euro, em ambos os casos por carências da oferta de emprego  (taxa de desemprego já está muito baixa).

O problema não está na desaceleração em si, mas no facto de estarmos a desacelerar para uma tendência de crescimento baixíssima, cerca de 1,5%, porque nada foi feito nos últimos três anos para a aumentar.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 59 60
Power by

Download Free AZ | Free Wordpress Themes