Skip to Content

Trabalho/ Concertação Social

Greve na Autoeuropa – Comunicado do Forum para a Competitividade

Leia aqui o Comunicado do Forum para a Competitividade sobre a greve na Autoeuropa ontem, dia 30/08/2017

No 4.º trimestre de 2016, o Índice de Custo do Trabalho aumentou 1,2% face ao trimestre homólogo de 2015. Em termos de média anual, aumentou 1,6% em 2016 – 4.º Trimestre de 2016

Consulte aqui os dados divulgados pelo INE ontem, dia 14/02/2017

OCDE: Portugal deve conceber reformas para promover a criação de emprego

Leia aqui o relatório da OCDE, apresentado no passado dia 19/01/2017

Pedro Portugal: Ajustamento do mercado de trabalho “foi uma tragédia”

Leia aqui a notícia publicada no Jornal de Negócios, no passado dia 15/02/2016

O Índice de Custo do Trabalho aumentou 2,0% face ao trimestre homólogo de 2014 – 4º trimestre de 2015

Consulte aqui os dados apresentados pelo INE hoje, dia 15/02/2016

 

“O Índice de Custo do Trabalho (ICT) ajustado de dias úteis registou um acréscimo homólogo de 2,0%, no 4.º trimestre de 2015. No trimestre anterior tinha sido observado um decréscimo homólogo de 0,9%.
As duas principais componentes dos custos do trabalho são os custos salariais e os outros custos (por hora efetivamente trabalhada). Os custos salariais aumentaram 1,6%, em relação ao mesmo período do ano anterior, e os outros custos aumentaram 3,2%.
No conjunto do ano de 2015, o ICT aumentou 1,8% devido a acréscimos de 1,5% nos custos salariais e de 2,7% nos outros custos do trabalho. Recorde-se que, no ano anterior, o ICT tinha registado uma diminuição de 3,4% (a que corresponderam decréscimos de 3,2% e de 3,8% dos custos salariais e dos outros custos, respetivamente).”

1 2 3 4 5 6 7