“Feitas as contas temos de cortar 10 mil milhões”. Entrevista publicada no Jornal I, no passado dia 27/04/2013 (carregar no texto para acesso ao documento original)