O Forum para a Competitividade está a organizar, para o próximo dia 27 de Novembro, um seminário sobre “Mercado de Capitais e o financiamento da economia em Portugal” (consulte o Programa).

O financiamento das empresas em Portugal, em particular das PMEs, é uma das principais dificuldades que se colocam ao seu desenvolvimento e gestão saudáveis.

 Um conjunto de circunstâncias de ordem económica e psicológica contribui para esta situação. Desde logo, a debilidade dos seus capitais próprios. Segundo dados do Banco de Portugal, o nível de autonomia financeira das sociedades não financeiras em Portugal é, em média, de 36% (aliás semelhante para micro, PMEs e grandes empresas).

 Os rácios de alavancagem destas empresas são, portanto, bem mais constrangedores do que na maioria dos países europeus. Tais rácios contribuem para uma maior vulnerabilidade das empresas à conjuntura e prejudicam a sua capacidade de investimento, logo, de crescimento em mercados cada vez mais exigentes e sofisticados.

 Como referiu recentemente o Senhor Governador do Banco de Portugal: “É pois, fundamental desenvolver instrumentos financeiros de reforço da autonomia financeira das empresas e definir um quadro de política económica, nomeadamente fiscal, que favoreça o interesse pela abertura e aumento do capital social das empresas”.

 É neste contexto, particularmente no 1º aspeto referido (autonomia financeira) que se insere o presente Seminário que focará, primordialmente, a melhoria das condições de financiamento às empresas, com novos instrumentos, como primeiro passo para uma melhoria global da respetiva situação financeira.

 Serão focados, então, instrumentos de financiamento pelo mercado financeiro, tal como joint bonds e minibonds, para Investidores Institucionais. Tais instrumentos serão analisados no respetivo enquadramento internacional e nas possibilidades e condições da sua introdução em Portugal.