Skip to Content

Tag Archives: Macroeconomia

Nº 7 Perspectivas Empresariais – 3º Trimestre de 2019

Consulte aqui o nº 7 da publicação trimestral do Forum para a Competitividade, que inclui: conjuntura nacional, as empresas e os seus custos; conjuntura internacional; mercados; legislação; e os especiais “Angola: uma oportunidade após a outra, lá como cá!” e “Exportar para a China”.

Inclui contributos de: Banco BIG, COSEC, PLMJ e PwC/CCR Legal

***

É opinião unânime das diversas instituições que a economia portuguesa deverá desacelerar em 2019 e de novo em 2020 e 2021, em linha com a desaceleração internacional.

As alterações ao Código do Trabalho introduzem uma nova norma que impossibilita o afastamento das normas deste Código relativas à contratação de trabalhadores a termo por parte de instrumentos de regulamentação colectiva, uma importante (e dificilmente justificável) limitação à autorregulação do mercado laboral.

Banco de Portugal: Boletim Económico – Outubro 2019

Consulte aqui o estudo do Banco de Portugal sobre a evolução negativa do PIB per capita em Portugal desde 1995 a 2018 (pág. 91 e seguintes).

Divulgado hoje, dia 10/10/2019

Nota de Conjuntura nº 41 – Setembro de 2019

Consulte aqui a Nota de Conjuntura do Forum para a Competitividade, relativa ao mês de Setembro de 2019.

Em Portugal, dados preliminares do 3º trimestre apontam para uma desaceleração da economia, sobretudo pelo lado das contas externas.

O PIB entre 2016 e 2018 foi revisto em alta, em 1,1% em termos acumulados, tendo também melhorado a produtividade. No entanto, os novos valores do crescimento da produtividade são ainda baixíssimos: 0,4%, 0,2% e 0,1%.

Nota de informação estatística – Balança de Pagamentos – Julho de 2019

Consulte aqui a informação divulgada pelo Banco de Portugal, no passado dia 18/09/2019

Nota de Conjuntura nº 40 – Agosto de 2019

Consulte aqui a Nota de Conjuntura do Forum para a Competitividade, relativa ao mês de Agosto de 2019.

Em Portugal, no 2º trimestre de 2019, o PIB estabilizou nos 1,8%. Este nível de crescimento continua a ser muito baixo, muito mais fraco do que os países da UE com o nosso nível de desenvolvimento. Destaque-se o caso da Hungria (5,1%) e da Polónia (4,1%), que estão em vias de nos ultrapassar, com resultados muito superiores aos nossos. Neste grupo, pior do que Portugal, só a Grécia. Crescer menos que a Espanha (2,3%) é incompreensível.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 56 57
Power by

Download Free AZ | Free Wordpress Themes